O CNAPEF e o movimento Associativo da Educação Física e do Desporto

cropped-logo-cnapef.jpg

Quem somos?

Fundado a 15 de Março de 1989, na sequência de um primeiro encontro de APEF(s) realizado em 1987 em Lisboa, o Conselho Nacional de Associações de Profissionais de Educação Física e de Desporto (CNAPEF) é a estrutura de âmbito nacional representativa das Associações de Professores e Profissionais de Educação Física (APEF) regionais em Portugal.

A sua sede social encontra-se no Barreiro, partilhando as instalações com a APEF FozTejo

São objectivos do CNAPEF:

  1. A promoção cultural, científica, técnica e pedagógica dos seus associados em todas as áreas da Educação, Educação Física e Desporto.
  2. Contribuir para a defesa da ética e da deontologia profissional, para a afirmação e dignificação do papel e da atividade do grupo profissional na Comunidade Escolar.
  3. Coordenar e dinamizar o trabalho e as interações associativas.
  4. Organizar e/ou promover a formação contínua dos seus associados.
  5. Estabelecer relações com associações congéneres na área da Educação Física e do Desporto.

Livro dos 20 anos do CNAPEF com organização e pesquisa por Rui Petrucci, Luís Bom e Jorge Mira, foi publicado em 2009 na altura do 8º Congresso Nacional de Educação Física realizado em Lisboa. Este livro reúne um conjunto importante de documentos e opiniões que permitem caracterizar o que tem sido o trabalho desta instituição.

A nossa Missão

O CNAPEF tem procurado, desde 1989, promover o desenvolvimento cultural, científico, ético e pedagógico dos profissionais que representa nas áreas da Educação Física, do Desporto e do Exercício e Saúde em Portugal, através da coordenação e dinamização do trabalho entre as associações regionais (APEFS), da organização de congressos, seminários e outros eventos que promovem a discussão entre os profissionais das várias áreas e colaboração construtiva com várias organizações nacionais e internacionais nas áreas da Educação Física e Desporto.

Conheça algumas das actividades por nós desenvolvidas:

Órgãos Sociais CNAPEF Triénio 2020-2023

Mesa da Assembleia-Geral

  • Presidente: José Vidal, APEF Aveiro
  • Vice-Presidente: Maria de Jesus Martins, APEF Castelo Branco
  • 1º Secretário: Manuela Airosa, APEF Braga
  • 2.º Secretário: Helena Figueiredo, APEF Viseu
  • 1.º Suplente: José Luís, APEF Foztejo
  • 2.º Suplente: Paulo Mota, APEFD Porto

Direção

  • Presidente: Avelino Azevedo, APEFD Porto
  • Vice-Presidente: Nuno Fialho, APEF Almada-Seixal
  • Vice-Presidente: João Ramalho, APEF Castelo Branco
  • Tesoureiro: Miguel Fachada, APPEFIS
  • Secretário: Rui Menezes Machado, APEFD Porto
  • 1.º Vogal: António Pedro Duarte, APEF Setúbal
  • 2.º Vogal: Maria de Fátima Amorim APEFD Porto
  • 1.º Suplente: Ana Margarida Malheiro Guimarães, APEF Braga
  • 2.º Suplente: Raquel Gonçalves, APEF Algarve

Conselho Fiscal

  • Presidente: Vítor Costa, APEF Alto Minho
  • 1.º Secretário: Fernando Freitas, APEFIL Leiria
  • Relator: Teresa Silveirinho, APEF Aveiro
  • 1.º Suplente: Mário Guimarães, APEF Foztejo
  • 2.º Suplente: Jorge Mira, APEF Almada Seixal

 

4 Comments on “O CNAPEF e o movimento Associativo da Educação Física e do Desporto

  1. Boa tarde! Sou Professor de Educação Física do 2.º Ciclo. Existindo um Programa de Expressão Físico-motora para o 1.º Ciclo que, de uma forma geral não é minimamente cumprido e sendo o mesmo de primordial importância para o desenvolvimento integral da criança e ainda imprescindível o seu cumprimento para a aquisição de competências para o seu percurso escolar na disciplina, questiono-me como ainda não atribuíram a sua leccionação aos Professores de Educação Física.

    • Caro Luis.
      Desde já obrigado pelo seu comentário.

      As principais estruturas associativas da Educação Física, nas quais nos incluímos, têm defendido que a Educação e Expressão Físico Motora (EEFM) deverá ser lecionada por um professor especialista nesta área do currículo. Basta ver as moções que foram aprovadas em vários Congressos Nacionais de Educação Física.
      Esta tomada de decisão baseia-se essencialmente nos dados que temos sobre a efetivação da lecionação desta área curricular neste ciclo a nível nacional que nos dizem que há uma enorme percentagem de escolas que não desenvolve a EEFM como deveria, tendo em conta a legislação dos últimos 25 anos.

      A decisão de quem pode assegurar a lecionação desta área do currículo é do Ministério da Educação. Gostaríamos de fazer referência que é possível haver um processo de coadjuvação de professores de Educação Física aos professores do 1º ciclo do Ensino Básico no sentido de colmatar necessidades de formação identificadas. A título de exemplo poderemos indicar o Agrupamento de Escolas de Caneças como um conjunto de escolas que tem vindo a desenvolver um projeto deste tipo nos últimos anos com bons resultados.

      Obrigado mais uma vez pelo seu comentário.

  2. Gostaria de saber o telemóvel de vcs para eu poder conversar com vcs. Sou profissional de educação física no Brasil e tenho muitas dúvidas de como funciona aqui em Portugal. Qual o endereço de vcs? Tem em Braga?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: