Carta Aberta SPEF e CNAPEF ao Ministro da Educação. Educação Física 2020/2021

Com a preparação do ano letivo 2020/2021 já em curso a Sociedade Portuguesa de Educação Física e o Conselho Nacional de Associações de Profissionais de Educação Física e Desporto vêm por este meio expressar as suas preocupações nesta Carta Aberta ao Sr. Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, na tentativa de se encontrar a melhor solução para o arranque das aulas no mês de setembro, particularmente no que à disciplina de Educação Física diz respeito.

Não obstante de se reconhecer as dificuldades específicas que o retorno ao “normal” funcionamento da disciplina acarreta, consideramos que será muito importante a criação das condições necessárias para, tão rapidamente quanto possível, haver um retomar da Educação Física em regime presencial.


Não quer perder as últimas informações sobre o movimento associativo da Educação Física e do Desporto?

Inscreva-se na nossa newsletter para receber todas as informações importantes directamente na sua caixa de email – Quero receber a newsletter do CNAPEF

3 Comments on “Carta Aberta SPEF e CNAPEF ao Ministro da Educação. Educação Física 2020/2021

  1. Pingback: Carta Aberta SPEF e CNAPEF ao Ministro da Educação. Educação Física 2020/2021 – Blog DeAr Lindo

  2. Estar do lado de quem quer fazer perguntas, para almejar respostas que poderão ser boas soluções é sempre uma via positiva e construtiva de ilhar para o futuro.
    A carta dirigida ao ministério da educação, ao ministro da educação, finaliza com um ultimo parágrafo brilhante. prevusamis de confiança, segurança e empatia. A SPEF e a CNAPEF escilheram essa via de debate produtivo com o governo. Saúda-se a postura pedagógica e recomenda-se que essa carta seja enviada a todas as direções das unidades orgânicas deste país para que a mensagem relativa à necessidade de trabalho colaborativo se divulga e não dê espaço a decisões arbitrarias que penalizem a formação educativa dos nossos alunos na disciplina de EF e em todas as demais. O centro da formação efucativa dos alunos é a comunidade escolar e o currículo. As soluções estarão sempre na vomunidade e no currículo. Procurar protagonismos diaciplinares é, quase sempre, dar primazia ao corporativismo e não à comunidade em geral, e sos slunos em particular. Prezados parabéns pela posição tomada, na lwtra e na oporunidade. Bem hajam.

  3. A SPEF e a CNAPEF estiveram muito bem nesta iniciativa. Na definição de orientações para o próximo ano a tutela tem de ouvir quem sabe. Vejo como muito positivo a ação destas duas estruturas por não se limitarem à reação. A pro-atividade é uma virtude só de alguns.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: