Aprendizagens Essenciais em Educação Física: Encontros Nacionais e Regionais

Este slideshow necessita de JavaScript.

Enquadramento

No seguimento do processo de auscultação pública do documento Currículo para o Séc. XXI – Aprendizagens Essenciais em Educação Física, serão dinamizados, na semana de 7 a 14 de janeiro, encontros regionais e nacionais de profissionais de Educação Física.

Solicitamos a todos os profissionais de Educação Física que marquem presença nestes eventos. Esta é uma proposta de organização curricular que está integrada no projeto Currículo para o Século XXI: competências, conhecimentos e valores numa escolaridade de 12 anos e que terá impacto directo nas práticas que serão desenvolvidas.

 

Objectivos

A finalidade destes eventos será a discussão da primeira versão do documento com o objectivo de recolher e discutir contributos que concorram para a melhoria da proposta que é apresentada pela equipa constituída pelo Conselho Nacional de Associações de Professores e Profissionais de Educação Física(CNAPEF) e pela Sociedade Portuguesa de Educação Física (SPEF).

 

Destinatários

Professores de Educação Física dos grupos de recrutamento 260 e 620

 

Organização dos Encontros Regionais e Nacionais

A entrada será gratuita, mas sujeita a uma inscrição obrigatória e à disponibilidade dos vários locais. A organização estará assegurada pelas Associações Profissionais locais, pelo CNAPEF, pela SPEF e ainda por outras organizações que colaboram com o movimento associativo da Educação Física.

Encontro Regional Algarve

Data: 11 de Janeiro

Início: pelas 17:30

Local: Instituto Superior Manuel Teixeira Gomes (ISMAT)

Organização: Professores do Algarve e Curso de Educação Física e Desporto do ISMAT

Inscrição e mais informações na seguinte ligação – Conferência “Aprendizagens Essenciais em Educação Física: uma auscultação pública”

Nota – Este encontro está enquadrado como uma ação de curta duração que releva para os efeitos previstos no Estatuto da Carreira dos Educadores de Infância e dos Professores dos Ensinos Básico e Secundário, para os professores do grupo de recrutamento 260 e 620, ao abrigo do Despacho n.º 5741/2015.

 

Encontro Regional Almada Seixal

Data: 11 de Janeiro

Início: pelas 20:15

Local: Sede da APEF Almada Seixal (ver localização)

Organização: APEF Almada Seixal

Inscrição e mais informações na seguinte ligação – Aprendizagens Essenciais em Educação Física: uma auscultação pública. Encontro Regional APEFAS

 

Encontro Regional Aveiro

Data: 11 de Janeiro

Início: pelas 19:30

Local: Escola Secundária José Estêvão (ver localização)

Organização: APEF Aveiro

Inscrição e mais informações na seguinte ligação – Aprendizagens Essenciais em Educação Física: uma auscultação pública. Encontro Regional APEF Aveiro

Nota – Este encontro está enquadrado como uma ação de curta duração que releva para os efeitos previstos no Estatuto da Carreira dos Educadores de Infância e dos Professores dos Ensinos Básico e Secundário, para os professores do grupo de recrutamento 260 e 620, ao abrigo do Despacho n.º 5741/2015.

 

Encontro Regional Braga

Data: 10 de Janeiro

Início: pelas 21:00

Local: Agrupamento de Escolas Francisco Sanches (ver localização)

Organização: APEF Braga

Inscrição e mais informações na seguinte ligação – Aprendizagens Essenciais em Educação Física: uma auscultação pública. Encontro Regional APEF Braga

 

Encontro Regional Castelo Branco

Data: 11 de Janeiro

Início: pelas 15:00

Local: Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva (ver localização)

Organização: APEF Castelo Branco, Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva e Centro de Formação de Associação de Escolas Alto Tejo.

Inscrição e mais informações na seguinte ligação – Conferência Aprendizagens Essenciais em Educação Física: uma auscultação pública. Encontro Regional APEF Castelo Branco

Nota – Este encontro está enquadrado como uma ação de curta duração que releva para os efeitos previstos no Estatuto da Carreira dos Educadores de Infância e dos Professores dos Ensinos Básico e Secundário, para os professores do grupo de recrutamento 260 e 620, ao abrigo do Despacho n.º 5741/2015.

 

Encontro Regional Coimbra

Data: 7 de Janeiro

Início: pelas 11:00

Local: Escola Secundária José Falcão (ver localização)

Organização: APEFFIS

Inscrição e mais informações na seguinte ligação – Aprendizagens Essenciais em Educação Física: uma auscultação pública. Encontro Regional APEFFIS

Nota – Este encontro está enquadrado como uma ação de curta duração que releva para os efeitos previstos no Estatuto da Carreira dos Educadores de Infância e dos Professores dos Ensinos Básico e Secundário, para os professores do grupo de recrutamento 260 e 620, ao abrigo do Despacho n.º 5741/2015.

 

Encontro Regional Évora e Beja

Data: 11 de Janeiro

Início: pelas 21:00

Local: Escola Secundária Gabriel Pereira (ver localização)

Organização: APEF Évora

Inscrição e mais informações na seguinte ligação – Aprendizagens Essenciais em Educação Física: uma auscultação pública. Encontro Regional APEF Évora

 

Encontro Nacional Lisboa

Data: 13 de Janeiro

Início: pelas 21:00

Local: Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias  (ver localização)

Organização: SPEF

Inscrição e mais informações na seguinte ligação – Aprendizagens Essenciais em Educação Física: uma auscultação pública. Encontro NACIONAL Lisboa

 

Encontro Nacional Porto

Data: 14 de Janeiro

Início: pelas 9:30

Local: Faculdade De Desporto Da Universidade do Porto (ver localização)

Organização: APEF Porto e FADEUP

Inscrição e mais informações na seguinte ligação – Aprendizagens Essenciais em Educação Física: uma auscultação pública. Encontro NACIONAL Porto

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Aprendizagens Essenciais em Educação Física, NOTÍCIAS. ligação permanente.

15 respostas a Aprendizagens Essenciais em Educação Física: Encontros Nacionais e Regionais

  1. Ricardo Queirós diz:

    As aulas de Educação Física deveriam ser 1h diária todas as semanas de aulas.

  2. Susana Ramos Elseu Ferreira Gomes Barbosa diz:

    As aulas de Educação Física deviam ser em dois dias alternados com blocos de 90 minutos seja no ensino básico, seja no secundário.

  3. Luís Osório diz:

    Quanto a este assunto, levanto uma questão: Que profissionais vão implementar estas competências no 1º Ciclo? Serão os colegas do 1º Ciclo? Qual a posição da CNAPEF?

    Abraço parabéns pelo vosso trabalho!

    • Luís, obrigado pelo seu comentário.
      Essa seria uma boa pergunta para colocar num dos encontros nacionais que se vão realizar nesta semana.
      Obrigado.
      Nuno Fialho

      • Luís Osório diz:

        Obrigado Nuno pela sua resposta.

        Seria um prazer enorme estar presente mas não posso.
        Caso considera pertinente a questão, por favor apresente-a em reunião!

        Votos de bom trabalho,
        Luís

    • Sónia Fernandes diz:

      Questão muito pertinente!

    • Luís diz:

      Não estou, de momento, a ver outra forma de o fazer. Com todos os constrangimentos que existem e dado o enquadramento das AECs, se era isso que estava implícito na questão, é uma impossibilidade/ilegalidade delegar esta e qualquer outra área, nas mesmas.com as possibilidades que são dadas às direções dos agrupamentos e no enquadramento atual, existem outras possibilidades.

  4. Laura Costa diz:

    Este ano, com a decisão de voltar a monodocência ao 1º ciclo, impossibilitou-se a docência da Expressão Físico-motora por professores de Educação Física. No ano letivo anterior (15/16), no agrupamento a que pertenço, isso foi possível…

    • Cara Laura Costa.

      Obrigado mais uma vez pelo seu feedback. Iremos registar o mesmo e utilizá-lo na próxima oportunidade em que os 1º ciclo for discutido. Relembro, no entanto, que esta é uma decisão política deste governo com a qual não concordamos. Com base na nossa experiência no terrenos continuamos a achar que a opção de um professor especialista em Educação Física no 1º ciclo é a ideal.

      Cumprimentos
      Nuno Fialho

  5. Laura Costa diz:

    Relativamente aos cursos profissionais há que repensar, seriamente, as propostas de programas/módulos e/ou deixar muito mais maleabilidade modular.
    Quase “desafiava” a perguntar quem dá 3 módulos de dança a turmas exclusivamente masculinas (Eletricidade, Mecatrónica, etc). O facto é que nos termos têm de lá estar!

    • Cara Laura Costa.

      Obrigado pelo seu feedback. Iremos registar o mesmo e utilizá-lo na próxima oportunidade em que os cursos profissionais forem discutidos.

      Com os melhores cumprimentos.

      Nuno Fialho

  6. Luís Carlos Martins diz:

    Umas perguntas:
    Com estes documentos estamos a preparar uma política desportiva para quantos anos?
    Mudam-se os termos e o nosso “velhinho” programa está lá bem visível, porque se mexe no que está bem feito?
    Vamos continuar a trabalhar para a obesidade infantil com 135 min. Semanais?

    • Caro Luís Martins.
      Obrigado pelo seu comentário.

      Tal como consta da publicação que fizemos de enquadramento deste projeto, não nos foi pedida uma revisão curricular, mas sim a identificação das aprendizagens essenciais com referência ao currículo formal.

      Com os melhores cumprimentos.
      Nuno Fialho

  7. Paulo Pintassilgo diz:

    Reflexão sobre a inclusão do socorrismo e protocolo de suporte básico de vida na área dos conhecimentos ao longo dos ciclos de acordo com os programas das outras disciplinas. Repensar na sua inclusão ao nível da formação inicial.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s